top of page

PAREM DE MATAR NOSSOS JOVENS!

O Observatório Judaico se solidariza com a Ministra Marina Silva e seus familiares neste momento de dor pelo assassinato de seu sobrinho neto. Cauã, de 19 anos, foi morto em seu próprio quarto, por dois homens que invadiram sua casa.


Como disse a Ministra, ele foi vítima da criminalidade que destrói vidas de jovens em bairros periféricos do país. Segundo o Atlas da Violência 2023, lançado em dezembro, a violência é a principal causa de morte de jovens no Brasil. A cada dia, 66 jovens são assassinados. Em 2021, de cada 100 jovens entre 15 e 29 anos que morreram no País por qualquer causa, 49 foram vítimas da violência letal. E 50,6% das vítimas de homicídio no período eram dessa faixa etária.


Muita força para a família de Marina e de todos os jovens que perderam suas vidas de forma tão brutal e perversa.



4 visualizações0 comentário
bottom of page